logo

HISTÓRIA

floripa

 

Desde o surgimento da raça humana os rituais se fazem presentes no cotidiano das pessoas. O ato de se organizar em grupos, de dividir espaços, de comungar ações, sempre foi norteado por um ritual, simples e muitas vezes automático. O nascer, o morrer, a mudança de status social, o crescimento intelectual, a crença, tudo envolve um ritual, uma cerimônia em que se dão os acontecimentos.

O Cerimonial Universitário, consiste em uma atividade administrativa que envolve planejamento, administração, coordenação e controle de ritos acadêmicos. Tendo surgido ao mesmo tempo da figura do Reitor, aproximadamente no ano 1.200 d.C., quando a esta autoridade era concedida os plenos poderes para representar a Instituição nas Solenidades de Colação de Grau.

A troca de experiências e a discussão sobre roteiros das cerimônias universitárias através da aplicação de normas protocolares, foram motivos que levaram Cerimonialistas das Instituições de Ensino Superior a realizar o Encontro Nacional de Organizadores de Formaturas e Eventos da Instituições Federais de Ensino Superior realizado na Universidade Federal de Santa Catarina em novembro de 2007, onde foi criado Fórum dos Organizadores de Cerimônias Universitárias e Acadêmicas da Instituições de Ensino Superior Brasileiras – FORCIES.

O FORCIES se tornou uma entidade jurídica para representar, discutir e disciplinar as formas, rotinas e tratamentos dados nas cerimônias e eventos universitários e promove anualmente o ENCONTRO NACIONAL DE CERIMONIAL UNIVERSITÁRIO em parceria com uma Instituição de Ensino.

 

®Ray Garbelotti 2015